Curiosidades sobre a osteoporose e o exame densitometria óssea
12 de dezembro de 2018
As vantagens e facilidades do sistema de raio-x digital
9 de maio de 2019
Exibir tudo

A Histerossalpingografia e seu receio. Dói?

Esclarecendo mais sobre o exame histerossalpingografia. Dor, preparo, gravidez, cuidados pós exame, entre outros assuntos.

O que é o histerossalpingografia?

O exame de histerossalpingografia (HSG) consiste num método de imagem das trompas de falópio (tubas uterinas) e útero.

Para que serve?

Com ele podemos visualizar o útero e as tubas interinas, detectando a real situação do útero, bem como das trompas – se bloqueadas, dilatadas ou pervias.

Como é feito?

A execução desse exame é simples. O profissional executante introduzirá um espéculo na vagina, injetando contraste na cavidade uterina.

À medida que esta cavidade é preenchida, imagens de raio-x são tiradas, fazendo possível a visualização das trompas e seu real status.

Há preparo para a realização do exame?

A fim de garantir a eficácia do exame, as pacientes devem seguir algumas instruções, que são enviadas quando da sua marcação.

Histerossalpingografia, dói?

Vários são os questionamentos e temores em relação a presença de dores durante e após a realização do procedimento. Não há um relato padrão em relação a isso, variando de pessoa para pessoa.

Quando o contraste é injetado é comum sentir a sensação de aquecimento.

Relatos indicam dores semelhantes à da cólica menstrual, que duram até 5 minutos, em regra.

Medo e ansiedade durante a realização do exame são fatores que podem aumentar a percepção de dor.

Cuidados necessários após a realização do exame:

Em relação aos riscos, há uma pequena chance de infecção pélvica, salpingite e endometrite após o exame, o que se tem mais comum em mulheres com histórico de infecção pélvica.

Como medida preventiva, a Davi Rezende adota em seu preparo o uso de antibióticos e analgésicos, levando aos seus clientes segurança e conforto.

Resultado

O radiologista é o responsável por analisar as imagens e enviar um relatório (laudo) ao médico que requisitou o exame.

Histerossalpingografia ajuda engravidar?

Por se tratar de um exame diagnóstico o seu intuito principal é encontrar possíveis problemas que possam estar atrapalhando a fertilidade.

Porém, quando há uma obstrução simples e pequena das trompas, a realização do procedimento pode desobstrui-la facilitando a gravidez.

Em suma:

Não deixe de realizar a histerossalpingografia por medo ou receio.

Adotamos novas técnicas e equipamentos, possibilitando mais mais conforto e segurança às mulheres.

Como relatado, a histerossalpingografia é um exame rápido, seguro, eficaz e com alto grau de precisão.

Para mais informações visite o site www.davirezende.com, [especialidade | histerossalpingografia], e/ou ligue para (31) 2538-9300. Preferindo atendimento via WhatsApp, envie mensagem para (31) 97180-0034.

Equipe Davi Rezende

Agendamento, Dúvidas?